diabetes

Perigos do Não Tratamento Adequado da Diabetes

Você sabia que a diabetes atinge aproximadamente 425 milhões de pessoas em todo o mundo. Só em nosso país são mais de 12 milhões de brasileiros convivendo diariamente com esse problema sério de saúde.

Diabetes é uma doença crônica, ou seja, não tem cura. Felizmente ela tem tratamento para controle, sendo que a abordagem terapêutica adequada é capaz de proporcionar maior qualidade de vida e bem-estar aos diabéticos, além de diminuir significativamente o risco de complicações.

Quem entender a importância do tratamento correto da diabetes e descobrir quais são os reais perigos de não tratar essa condição adequadamente? Leia o artigo completo e fique por dentro do assunto.

Sem tratamento o risco de doenças cardíacas aumenta

Deixar de tratar a diabetes é um grande perigo para o coração. A diabetes do tipo 2 aumenta o risco de doenças cardíacas em até 4 vezes. Isso acontece porque diabéticos apresentam mais chances de apresentar agravantes como hipertensão e colesterol alto, dois dos principais fatores de risco para o infarto, por exemplo.

Há o perigo de lesões oculares

Um dos principais fatores causadores de cegueira adquirida em países ocidentais é justamente a diabetes não tratada. Quando a diabetes do tipo 2 fica descompensada e os níveis de glicose sobem, a tendência é que a tensão arterial aumente e isso favoreça o surgimento de leões oculares irreversíveis. Por isso é tão importante controlar a diabetes.

O diabético que não trata a doença é propenso a lesões renais

Os rins também sofrem caso a diabetes não seja devidamente tratada. Níveis elevados de glicose no sangue, juntamente com tensão arterial aumentada, podem causar alterações no funcionamento dos rins, atrapalhando, desse modo, a filtragem do sangue e eliminação de resíduos tóxicos para organismo.

Há chances elevadas de complicações nos pés

Quem não trata a diabetes está mais exposto a complicações nos pés. Isso mesmo! Diabéticos que não controlam a doença podem sofrer com lesões nos nervos das pernas e pés, além de problemas circulatórios, infecções e ferimentos difíceis de sarar. A presença de úlceras nos pés (pé diabético), a depender da gravidade, pode levar à necessidade de amputação.

A ausência de tratamento pode desencadear problemas dentários

A diabetes também pode causar problemas nos dentes e gengivas. Vale destacar que a glicose descontrolada pode aumentar as chances de infecções gengivais. E, se de fato houver uma infecção na gengiva, há um risco aumentado de subida na glicemia, dando origem a um ciclo de complicações.

Também existe o risco de disfunção sexual

Estudos recentes apontam que a diabetes não tratada pode resultar em lesões nos nervos reguladores da resposta sexual. Além disso, pode comprometer negativamente as artérias que conduzem o sangue até os órgãos sexuais. Tal situação, pode, por conseguinte, ocasionar problemas de ereção ou desordens ejaculatórias nos homens. Já nas mulheres, pode ocorrer dificuldades na lubrificação vaginal e libido.

Quer saber mais sobre diabetes? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em São Paulo!

Comentários
Dra. Adriana Pessoa

Posted by Dra. Adriana Pessoa