menopausa

Tudo o que você precisa saber sobre a menopausa

A menopausa é o momento da vida da mulher marcado pelo término da menstruação. É um processo longo e gradual associado a uma diminuição dos hormônios estrogênio e  progesterona, responsáveis pelos ciclos menstruais e pela fertilidade da mulher. Os indícios aparecem entre 45 aos 55 anos e a intensidade dos seus sintomas varia de acordo com cada organismo.

É importante diferenciar a menopausa do climatério. Esse é o período de transição em que a mulher deixa a fase reprodutiva para a fase de pós-menopausa havendo uma diminuição das funções ovarianas, provocando ciclos menstruais irregulares até cessar.

Assim, a menopausa é um fato que ocorre durante o climatério e possui três estágios, o primeiro chamado de pré-menopausa caracteriza-se pela redução na produção de hormônios, dura em média 7 anos e é assintomática.

Portanto, quando os sintomas começam a aparecer, inicia-se o segundo estágio chamado de perimenopausa. Nesta fase, a mulher é acometida pela irregularidade menstrual, seguida de calores e alterações no sono e humor.  Esta etapa termina quando se completa um ano sem menstruação e dando início ao último estágio chamado de pós-menopausa.

A pós menopausa permanece até o final da vida e é comum ocorrer a atrofia vaginal, causando secura no órgão e dores durante as relações sexuais podendo ainda estar associada a osteoporose e à doenças cardiovasculares.

Sintomas

Certamente algumas alterações no corpo feminino indicam o início da menopausa: intensidade ou duração do fluxo menstrual, ganho de peso pela redução do metabolismo (leia também Menopausa e aumento do peso), aumento do nível do colesterol e alteração da pressão arterial.

Além dos sintomas já citado, podem aparecer outros como:

  •      ausência da menstruação;
  •      ondas de calor;
  •      suores noturnos;
  •      insônia;
  •      diminuição da libido;
  •      déficit da atenção e memória;
  •      dores nas articulações;
  •    depressão.

Diagnóstico

Não há uma data certa para ocorrer. O diagnóstico é clínico e constatado quando a mulher, na faixa etária compatível, relata escassez da menstruação ou o seu término.

Em alguns casos, é realizado testes para verificar as variações na concentração dos hormônios, como progesterona, estrogênio e FSH e exames complementares tais como mamografia, ultrassonografia, papanicolau, ultrassom transvaginal e exames de sangue.

Tratamento da menopausa

Por ser um processo natural no corpo feminino nem sempre exige tratamento. Porém, pode-se amenizar os sintomas incômodos para melhorar a qualidade de vida da mulher.

Diferentes opções de tratamento são utilizados para minimizar os sintomas, entre as opções destacamos:

  •      terapia hormonal;
  •      aplicação de estrogênio;
  •      medicamentos não hormonais.

O climatério e a menopausa não são doenças! São episódios naturais do ciclo de vida e nem todas apresentarão sintomas iguais durante o período. Há que identificar em qual etapa se encontra e qual sintoma apresenta para indicar o melhor tratamento. O endocrinologista é o especialista responsável por acompanhar a variação hormonal do corpo e lhe indicar o melhor tratamento.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em São Paulo!

Comentários
Dra. Adriana Pessoa

Posted by Dra. Adriana Pessoa