gestação

O que fazer na gestação para garantir saúde para o bebê?

A descoberta de uma gravidez é um momento único. Esse novo cenário na vida de uma mulher pode trazer alegria, amor, medo e insegurança. Por isso, para uma gestação tranquila e saudável, a futura mãe deve estar atenta a uma série de fatores.

Continue a leitura para saber mais!

Cuidados necessários durante a gestação

Ingerir ácido fólico

O ácido fólico é tão importante que o recomendável é que a mulher.  O ideal é tomar esse suplemento pelo menos três meses antes da concepção. Conhecido também como vitamina B9, o ácido fólico é indispensável porque ele atua na formação do tubo neural do feto. Sendo um agente extremamente importante no desenvolvimento do cérebro e da medula espinhal logo no primeiro mês de gravidez.

Fazer o pré-natal

O acompanhamento médico mensal é importante porque os exames visam identificar e tratar doenças que possam trazer prejuízos à saúde da mãe e à da criança.

Cuidar da alimentação

Todo alimento ingerido pela mãe chega ao bebê de alguma forma. Por isso, durante a gravidez, a mulher deve ser rigorosa na escolha dos alimentos.

  • Sal: a ingestão de sal deve ser rígida e limitada com o objetivo de controlar a pressão arterial, evitando o risco de pré-eclâmpsia.
  • Alimentos crus: bactérias como salmonela e agentes causadores da toxoplasmose são transmitidos por alimentos crus, como gemas de ovo mole, carnes mal passadas e leite e seus derivados não pasteurizados. Além disso, é muito importante a higienização correta de verduras e legumes.
  • Comer por dois: diferente do que o dito popular diz, uma mulher grávida não deve comer por duas pessoas.Nesse período, o organismo absorve os nutrientes com mais eficiência, o que também pode gerar um maior ganho de peso.
  • Alimentação saudável: uma alimentação rica em nutrientes é a base para um organismo saudável. É importante fazer escolhas conscientes e optar por grãos integrais, leite pasteurizado e derivados magros, carnes magras, frutas, verduras e legumes.
  • Água: assim como a alimentação, a ingestão de água influencia na qualidade do leite materno, além de manter a mãe hidratada.
  • Bebidas alcoólicas: além de afetar a formação, o álcool traz para o bebê déficit intelectual e problemas cognitivos.

Praticar uma atividade física

Na gravidez, o fortalecimento muscular é fundamental, pois ele irá auxiliar na postura e em alterações ósseas. Além disso, a prática de exercícios contribui com a manutenção do peso e a recuperação no pós-parto. Por se tratar de um período que requer cuidados, é aconselhável que a gestante esteja assistida por um profissional de educação física ou fisioterapeuta.

Tomar vacinas

A atualização da carteira de vacinação garante que a mãe esteja imune a rubéola, hepatite B, difteria e tétano.

Manter boas interações

Tudo o que a criança ouve desde o início de sua formação é armazenado no cérebro, que gera sensações e emoções. Por isso, a conversa com o bebê é importante desde os primeiros meses. Como o bebê capta todos os sons externos, a gestante deve evitar brigas e discussões.

Evitar medicamentos

Muitos remédios podem comprometer gravemente a saúde do bebê, colocando, inclusive, sua vida em risco. Portanto, deve-se sempre consultar um médico antes da ingestão de quaisquer medicamentos.

Um turbilhão de novidades surge durante a gestação.Cada escolha que é feita tem uma influência na formação do bebê. Portanto, é fundamental que a futura mãe tenha cuidados especiais. Dessa forma suas decisões gerem resultados benéficos tanto para ela quanto para a criança.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em São Paulo!

Comentários
Dra. Adriana Pessoa

Posted by Dra. Adriana Pessoa