colesterol

Qual a função do colesterol no nosso corpo?

É comum associar o colesterol a problemas na corrente sanguínea e doenças cardiovasculares. Mas antes de chegar a essas situações, ele é fundamental para o funcionamento do corpo. Além de desempenhar importante função nas células.

Todo ser humano possui colesterol em seu organismo, proveniente do fígado ou dos alimentos ingeridos. Ele está presente em todas as células do corpo, que são envolvidas por uma camada dessa lipoproteína, facilitando a entrada e a saída de substâncias. 

Esse componente da membrana celular atua no funcionamento do cérebro, na digestão, na produção dos hormônios sexuais, como o testosterona e o estrógeno. Auxilia também a produção de vitamina D e do cortisol.

A associação com algo que faz mal ao corpo e causa problemas de saúde, porém, se dá pelo excesso dele no corpo.

Tipos de colesterol

Popularmente, existem dois tipos da lipoproteína, conhecidos como “colesterol ruim” e “colesterol bom”. Oficialmente, eles são chamados de LDL e HDL, respectivamente, e se diferem apenas quanto às proteínas que realizam o seu transporte pelo sangue.

O LDL (low density lipoprotein ou lipoproteína de baixa densidade) é o “ruim”. É importante saber que ele é transportado pelo sangue para todos os tecidos do corpo, sendo utilizado pela célula na síntese de suas membranas celulares. 

Quando há excesso, ocorre interferência nesse transporte, causando redução na captação do LDL pelas células. Consequentemente, há aumento na sua concentração. Em altas concentrações na corrente sanguínea, o LDL começa a se depositar na parede dos vasos sanguíneos. Com o tempo, pode entupi-los ou formar trombos – o que pode levar ao infarto e ao acidente vascular cerebral.

Já o HDL (high density lipoprotein ou lipoproteína de alta densidade) é considerado o “bom”, por ter sempre função benéfica. Ele capta a substância que está em excesso no sangue, encaminhando-a para o fígado, que o elimina na bile na forma natural ou na forma de sais biliares.

 

Alimentação pode aumentar o colesterol

Além do que o próprio organismo produz, a substância chega até a corrente sanguínea pelo consumo de alimentos15 de origem animal, como carnes, leite, ovos, etc. Uma dieta rica com esses alimentos contribui para que a concentração da substância se eleve, originando vários problemas de saúde.

O que ocorre geralmente é que sua alta concentração não provoca nenhum tipo de sintoma. Por ser silencioso, a obstrução total de vasos ou artérias pode ocorrer repentinamente e causar problemas graves.

Para continuar desempenhando um bom funcionamento no nosso organismo, ele precisa estar equilibrado entre as quantidades de LDL e HDL. 

Por isso, é necessário manter uma rotina de hábitos saudáveis, com dieta balanceada. Atividade física também ajuda a manter a saúde em dia e o colesterol em um bom nível. De preferência, inclua em sua rotina exercícios aeróbicos, como andar, correr, pedalar, nadar, porque proporcionam o aumento da captação de oxigênio pelo organismo.  

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter. Ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em São Paulo!

Comentários
Dra. Adriana Pessoa

Posted by Dra. Adriana Pessoa