pré-diabético

É possível evitar a diabetes sendo pré-diabético?

Muitas vezes, ao ser diagnosticada com pré-diabetes a pessoa fica preocupada com a possibilidade de estar a um passo de desenvolver um quadro de diabetes tipo 2. Entretanto, é preciso ter cuidado com informações incompletas sobre esse assunto.

Esse problema, mesmo sendo considerado uma condição séria e indicadora de que os níveis de açúcar no sangue estão mais altos que o normal, não é o suficiente para que o diagnóstico de diabetes tipo 2 seja algo certo. Claro, pode acontecer em alguns casos, mas de acordo com estudos recentes isso não ocorre na maioria dos registros.

A boa notícia, é que o indivíduo com essa condição pode adotar uma série de mudanças em seu estilo de vida para prevenir ou retardar o diabetes, assim como outros vários problemas de saúde.

A seguir, listamos algumas orientações nesse sentido. Confira!

Fazer exames

Apesar de a maioria das pessoas com pré-diabetes não desenvolver o tipo 2, é preciso lembrar que elas correm mais risco que o normal. Portanto, é essencial manter as visitas médicas em dia e conversar com o especialista para que ele possa avaliar a situação. É interessante observar que não há nada de complicado aqui: um exame comum de sangue já permite fazer o rastreamento da doença.

Perder peso

Manter o peso sob controle é essencial para quem tem pré-diabetes. Estudos indicam que quando a pessoa perde entre 7% e 10% de seu peso inicial, já consegue obter um ótimo retorno na prevenção do diabetes tipo 2. Além disso, esse controle ajuda a manter os níveis de colesterol dentro do adequado e a diminuir a pressão sanguínea.

Reduzir os níveis de estresse

Todo mundo pode ficar estressado em um ou outro momento. Entretanto, o problema aqui é o chamado estresse crônico que pode suprimir o sistema imunológico aumentando as chances de a pessoa desenvolver diabetes tipo 2.

Em alguns indivíduos o estresse crônico pode desencadear uma série de situações hormonais que desequilibram o apetite, fazendo com aqueles que tem pré-diabetes fiquem ainda mais vulneráveis.

Contudo, nem sempre é possível eliminar a fonte do estresse, mas adotar ferramentas para combatê-lo faz toda a diferença. Por exemplo, aconselhamentos com o especialista, meditação e  exercícios são excelentes recursos para ajudar.

Praticar atividades físicas

Os exercícios físicos estão entre as ações mais importantes para a prevenção do diabetes. Por isso, especialistas recomendam fazer 30 minutos de atividade moderada pelo menos cinco dias na semana. Uma caminhada rápida, nadar ou pedalar são ótimas opções. Todavia, é importante conversar com seu médico antes para que ele possa indicar qual a prática mais segura e recomendada para sua situação.

Manter uma dieta saudável

Cuidar daquilo que é colocado no prato também é essencial para evitar problemas relacionados ao diabetes. Proteínas magras, como frango ou peixe, frutas, grãos e vegetais podem ser consumidos sem medo.

Além disso, também é preciso tomar cuidado para evitar comer alimentos açucarados, fritos ou processados. Por fim, para reduzir a quantidade de calorias ingeridas  diariamente vale a pena comer porções menores.

Finalmente, se você suspeita que possa ter pré-diabetes ou deseja saber mais sobre essa condição consulte o especialista. Afinal, quanto antes começar a se prevenir, melhores serão os resultados! Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como endocrinologista em São Paulo!

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp